Paredes. Custo e lista de materiais usados na construção

Paredes. Custo e lista de materiais usados na construção

Veja a relação de materiais de construção usados na construção das paredes de uma casa de aproximadamente 120 m/2 e o custo de materiais e mão de obra para erguer as paredes.

Uma das necessidades que temos ao lidarmos com qualquer aspecto da construção civil e sabermos a quantidade de materiais que iremos usar e assim podermos fazer orçamentos e encontrar os custos que estarão envolvidos neste caso. Aqui eu gostaria de demonstrar a lista de materiais e o seu respectivo custo para fazer as paredes de uma casa. Vou usar como exemplo a casa que construí.

Para mostrar o quanto gastei para levantar as paredes da minha casa e relacionar também os materiais usados vou considerar também o alicerce, já que na compra dos materiais de construção eu comprei tudo junto. Então considere paredes e alicerce de uma casa de aproximadamente 120 metros quadrados.

Parede de alvenaria

Custo para erguer as paredes

O valor que gastei entre materiais e mão de obra foi de aproximadamente R$ 20.000,00. Digo aproximadamente pois no caso da mão de obra não dá para eu calcular separadamente já que estou pagando pela obra inteira e não por etapas. Então fiz um cálculo aproximado de R$ 8.000,00 para a mão de obra e de R$ 12.000,00.

Materiais usados

Os materiais usados podem variar de projeto para projeto, uma vez que existem propostas e necessidades diferentes para cada caso. Abaixo a relação de materiais que foram usados na minha casa e as suas respectivas quantidades. Alguns tiveram sobra, mas foi pouca coisa. Considere uma construção de 120 metros quadrados, com 3 dormitórios, 2 banheiros, sala, cozinha, escritório e garagem.

Ferro. Usado tanto no alicerce como nas paredes como amarração e colunas da casa.

  • 63 barras de ferro 3/8
  • 25 barras de ferro 5/16
  • 17 barras de ferro 5.0

O ferro poderá ter um aumento bem grande dependendo da quantidade que for usado nas colunas e também se vai ser feito cintas e a quantidade delas.

Arame e prego. Usados para amarrar e pregar as tabuas de madeiras para fazer as colunas, entre outras aplicações.

  • 6 kg de arame recozido torcido
  • 5 kg de arame recozido liso
  • 2 rolos de arame 12 (grosso)
  • 2 kg de prego 18/27
  • 1 kg de prego 17/21

Cimento e concreto. Usado para fabricar a massa para assentar tijolos, lajotas e fazer as colunas. O concreto usinado foi usado para fazer o alicerce. Este tipo concreto é mais resistente e indicado para alicerce e laje. Embora seja um pouco mais caro, vale a pena pela praticidade, rapidez e por ser de alta qualidade e resistência.

  • 30 sacos de cimento
  • 8 metros cúbicos de concreto usinado

Areia e Pedra. Usado na fabricação da massa para assentar tijolos e lajes, bem como para fazer o concreto para as colunas da casa.

  • 4 m/3 de pedra britada 1
  • 7 m/3 areia grossa

Tijolos e lajotas. Embora as paredes tenham sido construídas de lajotas (8 furos), algumas partes forma feitas de tijolinho, como o respaldo do alicerce, a base para o assentamento das janelas e o respaldo das paredes.

  • 5700 lajota 8 furos (aproximado)
  • 1800 tijolinho de barro comum

Impermeabilizante. Usado para impermeabilizar o alicerce da casa e assim evitar a infiltração pela umidade da terra.

  • 4 caixas de 18kg cada de Vedatop

O impermeabilizante é de fundamental importância no alicerce, pois sem ele é possível que exista infiltrações vindo do solo e atingindo as paredes. Este tipo de infiltração é muito difícil de ser tratado depois e pode dar muitas dores de cabeça. Apesar de eu ter usado um impermeabilizante a case de concreto, pode-se usar também um que é base asfáltica ou até os dois para ter uma dupla proteção.

Algumas considerações

Não dá para economizar muito na construção de paredes, afinal ela é uma parte que não tem muito no que mexer ou tirar visando economia. Seja uma mansão ou uma edícula simples, a parede não muda muito e portanto os custos podem variar pouco.

Apesar de eu ter usado a lajota de 8 furos é mais recomendado hoje usar o bloco de 9 furos que é mais largo e cria uma parede mais espessa. Existe ainda outros tipos de materiais como o bloco de concreto e também o tijolinho maciço, mas neste caso o custo se elevaria muito. Algumas pessoas usam a lajota, só que deitada para criar uma parede mais larga e resistente. De certa forma isto não faz muito sentido, pois a carga estrutural de uma parede vai ficar sobre as colunas.

Um bom pedreiro é fundamental para fazer uma parede reta e sem as famosas barrigas que se existir dará muito trabalho ara consertar no reboco, sem contar que gastaria muita massa para fazer isso.

O custo final de uma parede ainda precisa incluir o tratamento final com massa corrida, textura e pintura. Alguns casos, como cozinha e banheiro é normal usar revestimentos cerâmicos nas paredes, o que torna bem mais caro a custo final.

No caso de teto e alguns tipos de parede, também é comum usar gesso para um acabamento mais refinado. Enfim, o custo acima reflete basicamente a alvenaria.

Fonte: https://www.casadicas.com.br/construcao/paredes-custo-e-lista-de-materiais-usados-na-construcao/

Alicerce da casa. Impermeabilização, concreto usinado e outros

Alicerce da casa. Impermeabilização, concreto usinado e outros

Veja algumas dificuldades e cuidados que tomamos em relação ao esquadrejamento da casa, a fidelidade às medidas dos cômodos e também em relação à impermeabilização do alicerce.

A construção da casa em si finalmente começou. Depois de aproximadamente 6 meses discutindo e modificando o projeto e após ter feito a preparação do terreno e erguer o muro, o início da construção da casa era aguardado com certa ansiedade, afinal há pressa para a conclusão e consequentemente a mudança para o novo endereço. Para fazer o alicerce alguns cuidados tiveram de ser tomados, entre eles destaco os seguintes:

Esquadrejamento

O primeiro ponto foi um problema que houve ao esquadrejar a casa. Meu terreno não tem medidas regulares, ou seja, ele não é retangular, como de costume e para piorar a frente deve tem uma leve curva e o engenheiro considerou a frente reta ao fazer a planta. O resultado foi uma diferença naquilo que havia da planta com o que de fato pedreiro encontrou no terreno. Por conta deste problema, tive de abrir mão de meio metro a mais na frente do terreno e fazer alguns pequenos ajustes no tamanho da sala e cozinha.

Alicerce para a construção

Medidas dos cômodos

Outra preocupação que tínhamos era se ao demarcar o local do alicerce, o pedreiro fosse fiel ao desenho da planta e não houve alteração no tamanho dos cômodos. Embora a gente espera que esse tipo de coisa não aconteça, mas todos erram e temíamos que alguma diferença pudesse acontecer e de fato aconteceu, mas foi para mais e não para menos. Na verdade em função do problema do esquadrejamento, algumas medidas tiveram de ser alteradas para mais em alguns cômodos, como a diferença foi pequena e com isso acabamos ganhando um pouquinho mais espaço, não vimos problema nisso.

Concreto usinado

Por recomendação do pedreiro nós usamos o concreto usinado para fazer o alicerce. Este concreto é aquele que você compra das empresas especializadas e eles entregam o concreto pronto na obra com o caminhão betoneira. As vantagens que vimos foi a rápida secagem dele, o que não faz a obra ficar parada e sua consistência mais alta. Seu uso é ideal para bases como alicerce ou lajes, por exemplo.

Impermeabilização

Mas a grande preocupação mesmo com o alicerce era a impermeabilização. Já tivemos problemas de infiltração em outra casa que tínhamos, estávamos dispostos a gastar um pouquinho mais, se necessário fosse, para tentar garantir que o alicerce ficasse bem impermeabilizado. Minha esposa queria usar a manta asfáltica, mas o pedreiro sugeriu outro impermeabilizante pois segundo ele a manta asfáltica é ruim para a aderência da massa para assentar os blocos cerâmicos da parede que ficará em cima do alicerce. Desta forma optamos por um produto chamado Vedatop e para garantir foi aplicado duas mãos do produto, formado um reboro bastante consistente no alicerce. O custo deste produto é relativamente baixo. Pagamos aproximadamente R$ 38,00 a caixa e usamos 4 caixas para as duas mãos.

Fonte: https://www.casadicas.com.br/construcao/alicerce-da-casa-impermeabilizacao-concreto-usinado-e-outros/

O crescimento da construção civil no Brasil. Quais as razões?

O crescimento da construção civil no Brasil. Quais as razões?

Quais os motivos que estão por trás do crescimento do setor da construção civil no Brasil? Veja uma análise mostrando as possíveis razões desse crescimento

Depois de muitos anos praticamente estagnado o mercado da construção civil finalmente deslanchou no Brasil e hoje podemos dizer que estamos vivendo um bom momento para o setor da construção civil. Basta olharmos e nossa cidade para perceber a quantidade de novos empreendimentos, reformas outras obras relacionadas a construção de casas, apartamentos e outros empreendimentos imobiliários.

Mas o crescimento da construção civil no Brasil não ocorreu por acaso e embora possa existir diversos motivos que tenha fomentado este momento, acredito que pelo menos três fatores foram fundamentais para permitir o desenvolvimento do setor.

Demanda alta

No meu entendimento o primeiro é grande fator era alta demanda que existia e de certa forma ainda existe no Brasil por empreendimentos imobiliários, especialmente aqueles destinados ao uso residencial. A matemática é bastante simples: a população não parou de crescer e com o comercado da construção civil praticamente parado foi inevitável aumento da demanda por casas e apartamentos destinados à moradia.

Melhora econômica

Mas de nada adianta ter a necessidade de comprar uma casa ou apartamento e não ter dinheiro ou pelo menos condições de sustentar os pagamentos de um financiamento, por exemplo. Desta forma a melhora na economia que foi percebida nos últimos anos com aumento da classe média especialmente da chamada classe c, proporcionou às pessoas as condições necessárias para investir na compra de um imóvel para residência.

Melhores condições de financiamento

Por fim eu coloco ainda como um fator de grande importância que ajudou e ainda está ajudando o crescimento da construção civil no Brasil que são as melhores condições para financiamento de imóveis novos e usados. Por melhoria nas condições eu quero dizer que as taxas de juros, embora ainda altíssimas, estão relativamente mais baixas do que as praticadas no passado, sem contar que as pessoas de baixa renda que não tinha uma perspectiva para a compra de uma casa própria passou a ser beneficiado por taxas mais baixa e também com subsídio do governo para ajudar na compra do seu imóvel residencial. Essas condições foram agregadas o programa Minha Casa Minha Vida que permitiu o surgimento dos números empreendimentos populares e trouxe benefícios para inúmeras famílias.

Fonte: https://www.casadicas.com.br/mercado/o-crescimento-da-construcao-civil-no-brasil-quais-as-razoes/